Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo © 2017. Todos os direitos reservados

Saiba mais sobre / Find out more

VIANA DO ALENTEJO

“En…cena” - Peça de Teatro “Intimidades” pela Companhia da Esquina

Teatro

7 de abril de 2018 | 21h30 | Cineteatro Vianense - Viana do Alentejo

O Cineteatro Vianense abre as portas ao público para acolher o “En…cena”, um projeto de programação cultural dedicado à arte cénica.

 

7 de abril | Peça de Teatro “Intimidades” pela Companhia da Esquina | 21h30 | Cineteatro Vianense

 

“Intimidades”, de Jorge Gomes Ribeiro. O fenómeno da infidelidade e as reflexões e neuroses da escrita de Woody Allen são refletidas neste brilhante espetáculo de comédia. Dois casais e uma amante são produto da má comunicação, da insatisfação e das aspirações deste mundo cada vez mais moderno. Um tipo de relação histérica que procura um sentido de vida, uma sustentação de uma existência cada vez mais precária nas relações, na idade da infidelidade e numa ideia primária de vulgarização de relações sociais, da vida, da morte e do amor. Afinal qual a origem do amor? E há quanto tempo anda às voltas? E onde é que está a ciência ou a psicologia quando alguém pensa nos enigmas eternos? O amor começou com uma explosão ou com a palavra de Deus? Se foi com a palavra de Deus será que foi sussurrada ou com um grito que ecoou até ao infinito do Cosmos. Só pode ter sido um grito!

Elenco: André Nunes, Inês Patrício, João Cabral, Rita Fernandes e Sofia Nicholson.

Arte Em Cena em Terra de Fé

Residência artística

Abril de 2018 | Viana do Alentejo

Romaria a Cavalo, evento de carácter religioso que liga o Concelho da Moita a Viana do Alentejo.
A tradição da Romaria a Cavalo ao Santuário de N.ª Sr.ª D’Aires foi retomada no ano 2000 e, são cada vez mais os fiéis romeiros que chegam ao Santuário. Ao todo, são cerca de 150 quilómetros percorridos por terra batida até à emocionante chegada a Viana onde turistas e visitantes os esperam e aplaudem.
A partida da Moita é no dia 25 de Abril e a chegada a Viana do Alentejo acontece na tarde de Sábado 28 Abril. Tarde de encontro entre o Profano e o Sagrado. A Festa continua durante o fim de semana no Santuário com a Tenda das Tradições - gastronomia, artesanato música e muita animação. Convidamos André Boto (Fotógrafo FreeLancer) a desenvolver uma investigação-ação sobre o tema, que resulta na criação de um produto artístico, que neste caso é a pintura de um Mural à entrada da Vila – Mural da Peregrinação – este poderá ser visto pelos milhares turistas e visitantes que no dia 28 de abril se reúnem em Viana do Alentejo para assistir à chegada da Romaria a Cavalo, ficando também para a posteridade, valorizando em simultâneo o património cultural existente e a experiência criativa.

Please reload

“Tradições Ibéricas” - Espetáculo Musical “Raiz”

Música

20 de julho de 2018 | 21h00 | Alcáçovas - Recinto da Gamita

No mês de julho em Alcáçovas promovem-se Tradições Ibéricas. Entre estas os Chocalhos, o Cante e o Fado estarão em destaque. Manifestações reconhecidas pela UNESCO como Património da Humanidade serão expressas através das artes do espetáculo, particularmente pela música.

A viagem que se propõe fazer evidencia as diferentes cores que existem numa cidade multicultural como Lisboa - o Fado, a Morna, o Tango, a Bossa-nova, o Jazz, a música erudita, entre outras. Bruno Fonseca convida Pedro Santos (acordeão) e Carlos Barretto (contrabaixo) nesta viagem pela raízes da música popular portuguesa, popular argentina (Tango) e claro está pelo Fado.  A seleção de temas originais, da autoria de Bruno Fonseca, bem como a inclusão de temas do cancioneiro popular surgem de forma natural, na medida em que a formação musical é conduzida por uma guitarra portuguesa e um acordeão. O contrabaixo define o corpo desta formação na composição harmónica de cada um dos temas.

“Tradições Ibéricas” - Espetáculo Musical “Adiafa & Cantadores de Alcáçovas”|

Música

20 de julho de 2018 | 22h00 | Alcáçovas - Recinto da Gamita

No mês de julho em Alcáçovas promovem-se Tradições Ibéricas. Entre estas os Chocalhos, o Cante e o Fado estarão em destaque. Manifestações reconhecidas pela UNESCO como Património da Humanidade serão expressas através das artes do espetáculo, particularmente pela música.

O grupo de música popular ADIAFA, criado em 1998, tem na sua génese a divulgação e interpretação do cante campaniço baixo-alentejano e a recuperação do seu instrumento tradicional – a viola campaniça. Após vários espetáculos através do Alentejo profundo (e não só) e para fazer face a inúmeras solicitações, o grupo viu-se confrontado com a necessidade imperiosa de registar em disco todo o trabalho de recolha entretanto efetuado, ao qual foi acrescentando alguns textos próprios que complementavam o modo original de entender e interpretar o cante alentejano. Recentemente, apresentou o seu novo disco "Alentejo", todo ele dedicado ao cante alentejano na sua forma original. Os ADIAFA surgem agora em Alcáçovas para a apresentação de um espetáculo único que homenageia o Cante Alentejano.

"Tradições Ibéricas" - Desfile com Caretos de Podence

Dança

21 de julho de 2018 | 18h30 | Alcáçovas - Recinto da Gamita

No mês de julho em Alcáçovas promovem-se Tradições Ibéricas. Entre estas os Chocalhos, o Cante e o Fado estarão em destaque. Manifestações reconhecidas pela UNESCO como Património da Humanidade serão expressas através das artes do espetáculo, particularmente pela música.

 

Os endiabrados Caretos de Podence, com coloridos e farfalhudos fatos, máscaras de ferro ou lata, chocalhos à cintura e um pau para amparar as tropelias, são conhecidos pelas manifestações ruidosas que durante quatro dias, no Carnaval, atraem à aldeia transmontana curiosos portugueses e estrangeiros. Em toda a região de Trás-os-Montes há Caretos, todavia os de Podence distinguem-se dos restantes pelo chocalho, daí o nome da festa ser “Entrudo Chocalheiro”, aquela que encerra as festas de inverno no Nordeste Transmontano e que é apontada como “o mais genuíno carnaval português”. As “Festas de Inverno Carnaval de Podence” constituem a única candidatura selecionada pelo Governo português para representar Portugal na XIV reunião do Comité Internacional da UNESCO a realizar no início do mês de dezembro de 2019. Nessa ocasião se saberá se o património da UNESCO passa a integrar os Caretos de Podence na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.

"Tradições Ibéricas" - Espetáculo de Fado com Cuca Roseta

Música

22 de julho de 2018 | 22h00 | Alcáçovas - Recinto da Gamita

No mês de julho em Alcáçovas promovem-se Tradições Ibéricas. Entre estas os Chocalhos, o Cante e o Fado estarão em destaque. Manifestações reconhecidas pela UNESCO como Património da Humanidade serão expressas através das artes do espetáculo, particularmente pela música.


Cuca Roseta é uma das mais marcantes e reconhecidas vozes da nova geração do Fado. Quis o destino que o seu primeiro disco fosse produzido por um dos mais célebres e aclamados produtores do mundo. A entrada no Fado e na música não podia ter sido feita de melhor forma. Posteriormente grava “Raiz” onde se assume como compositora e letrista da maior parte dos temas. O sucesso repete-se e canta em mais de 30 países do mundo, em todos os continentes. Cuca trouxe a beleza e a modernidade que o Fado precisava, nunca esquecendo
a essência da canção de Portugal, mas apresentando-a de uma forma que o mundo precisava ouvir.

Contos no Castelo

Animação de Rua

4 de agosto de 2018 | 21h30 | Alandroal - Castelo de Alandroal

A emblemática muralha do Castelo de Alandroal servirá de palco para receber contadores de histórias que nos farão viajar para um mundo encantado, fazendo-nos reviver histórias e contos que nos ajudaram a crescer.

Espetáculo de Tango Argentino “Volver”

Dança

18 de setembro de 2018 | 21h30 | Viana do Alentejo - Cineteatro Vianense

Espetáculo de Tango Argentino dirigido por Juan Capriotti & Graciana Romeo, onde a temática é a intimidade das culturas populares, e a maneira de expressar através do canto, a poesia, a música, e a dança.
Com grandes artistas de reconhecida trajetória internacional, todos radicados em Lisboa, este espetáculo joga com o intercâmbio, onde o que cada um traz se dilui e se transforma criando algo novo, único e inevitavelmente original.

“Tradições Ibéricas” - Concerto com “Tais Quais”

Dança e Música

24 de setembro de 2018 | 22h00 | Viana do Alentejo - Recinto do Santuário de N.ª Sr.ª D’Aires

No mês de setembro em Viana do Alentejo promove-se tradições ibéricas, valorizando o Cante Alentejano, promovem-se tradições e músicas populares alentejanas.

 

24 de setembro| Concerto com “Tais Quais”|22h00

 

A Tais Quais são um grupo que faz música de inspiração popular com raízes no Alentejo, um tronco urbano e ramos para todos os lados. Os “Tais Quais” é um grupo que junta nomes reconhecidos da música portuguesa em torno de tradições e músicas populares alentejanas. Congrega Tim, Jorge Palma, João Gil, Celina da Piedade e os alentejanos Vitorino (Redondo), Paulo Ribeiro e o humorista Jorge Serafim (ambos de Beja).

A fadista viria a destacar-se através da interpretação de repertório próprio. O risco passou a ser uma afirmação e o talento artístico de Cuca Roseta viria a ser reconhecido para além do seu canto. Com “Raíz” percorre o país e o mundo mostrando a sua voz e toda a sua arte, tendo atuado nos principais palcos nacionais e internacionais.

Mural D’Aires.

Residência artística

Setembro de 2018  | Viana do Alentejo

O Município de Viana do Alentejo está a realizar uma Residência Artística, na qual se procede à criação artística de uma imagem que será, posteriormente, pintada num muro: o Mural D’Aires.

A criação artística está a ser elaborada pelo fotógrafo André Boto e a pintura será elaborada pelo Professor de Educação Visual e Tecnológica, Manuel Rafael, com a colaboração dos alunos de História do Polo de Viana do Alentejo da Universidade Popular Túlio Espanca da Universidade de Évora.

Pretende-se que o Mural D’Aires seja o espelho das tradições locais como a fé, a devoção, a peregrinação até ao Santuário de N.ª Sr.ª D’Aires a pé ou a cavalo, a História, o Património e a Cultura.

Viana do Alentejo, vila de patrimónios, cultura, tradições e fé!

Pelas estradas vizinhas e pelos campos longínquos chegam ao Santuário de N.ª Sr.ª D’Aires peregrinos e devotos do mundo inteiro. Nas suas orações pedem por si e pelos seus, oferecendo a N.ª Sr.ª D’Aires, padroeira de Viana, uma fotografia, uma vela, uma peça de roupa ou até mesmo uma obra de arte como prova de crença e agradecimento pelos milagres da vida que acontecem sob a proteção do manto de Maria. São milhares os ex-votos que munícipes, visitantes e turistas podem observar ao deslocar-se ao Santuário de N.ª Sr.ª D’Aires.

O Mural D’Aires é, então, uma homenagem à história da vida e da fé que há milhares de anos habitam na peculiar vila de Viana e que comportam também, em toda a sua dimensão, a história da História dos que por cá habitaram e habitam e dos que levam Viana no seu coração.

“Tradições Ibéricas” - Espetáculo de Fado com Luís Caeiro e Ana Sofia Varela

Dança e Música

08 de dezembro de 2018 | 22h00 | Alcáçovas - Largo da Gamita

No mês de dezembro em Alcáçovas promove-se Tradições Ibéricas. Entre estas os Chocalhos, o Cante e o Fado estarão em destaque. Manifestações reconhecidas pela UNESCO como Património da Humanidade serão expressas através das artes do espetáculo, particularmente pela música.

 

8 de dezembro| Espetáculo de Fado com Luís Caeiro e Ana Sofia Varela |22h00

Ana Sofia Varela e Luís Caeiro juntam-se em Alcáçovas para promover tradições, num emocionante espetáculo de Fado. Ana Sofia Varela, nasceu em Lisboa mas cresceu em Serpa, no Alentejo, para onde foi com apenas 3 anos. Ao tomar contacto com a obra de Amália, aliou o seu gosto natural por cantar à paixão pelo Fado e, com apenas 14 anos, começou a apresentar-se nas noites de Fado organizadas na Casa do Povo de Serpa e, também, em espetáculos em escolas e coletividades, onde interpretava temas de Amália Rodrigues e Nuno da Câmara Pereira..

Luís Caeiro, Psicólogo, amante da agricultura e fadista venceu vários concursos de fado, destacando a Grande Noite de Fado 2007, integrando o musical de Filipe La Feria "FADO, História de um Povo" num dos personagens mais importantes da Peça. Viajando por esse mundo fora, tentando passar um pouco da nossa canção aos corações estrangeiros ainda canta em algumas casas em Lisboa, de quando em vez!

Please reload